Páginas

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

MERECEM CRÉDITO AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ?

 
As Testemunhas de Jeová incentivam as pessoas a examinarem sua religião cuidadosamente. São muito gentis e sorridentes, desde que se aceite tudo que ensinam. Porém, quando pedir explicação para as questões deste estudo, notará que não estão dispostas a fazerem o mesmo para com a religião delas! Leia Romanos 2:21,22). Conheça aqui alguns ensinos podres desta denominação.

TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS – Proibidos por Deus de 1968 até 1980! O que dizer dos que eram cegos e perderam a oportunidade de voltar a enxergar porque acreditaram que transplantar uma córnea era canibalismo? O que dizer dos que morreram por falta de um transplante de coração? – Veja A Sentinela de 01/06/1968 p. 349; Despertai! De 08/12/1968, pp. 22, 30; A Sentinela de 01/09/1980 p. 31.

VACINAS – Considerada prática demoníaca até 1952. Ensinavam que era melhor ter varíola do que vacinar-se. Imagine seu filho morto por obedecer uma religião que afirma receber orientação divina. Jeová não foi responsável por isso, foi? Veja: Despertai! 12/10/1921, p. 17; 05/01/1929, p. 502; 04/02/1931, p. 293; A Sentinela 15/12/1952, p. 764.

MARCARAM DATAS PARA “FIM DO MUNDO” – (a) “Apresentamos prova de que… a ‘batalha do grande dia do Deus Todo-Poderoso’… terminará em 1914”. [Estudos das Escrituras III, 1905, editorial 26.] (b) “Devemos presumir… que a batalha do Armagedom já terá acabado até o OUTONO DE 1975 e que o reinado milenar de Cristo… começará então? Possivelmente… A diferença talvez envolva APENAS semanas, ou meses, NÃO ANOS.” [a Sentinela de 15/02/1969, p. 115 § 30.]

PERGUNTA NÃO RESPONDIDA – Se como dizem, o escravo fiel exista desde Pentecostes de 33 EC até hoje, então por que Charles Taze Russel, em 1870, não recorreu a ele, mas formou seu próprio grupo independente para estudo bíblico – algo condenado como grande apostasia? Veja: Livro O Maior Homem, cap. 100.]

RESSUSCITARÃO OS MORTOS EM SODOMA E GOMORRA? – Disseram “Sim” em 1983; “Não” em 1988. Diante disso, caro leitor, merecem crédito as Testemunhas de Jeová? Claro que não! Jesus alertou: “Deixai simplesmente que a vossa palavra sim signifique sim e o vosso não, não; pois tudo o que for além disso é do iníquo”?(Mateus 5:37). Informe-se no site indicado.

NENHUMA OUTRA RELIGIÃO PRESTA – SÓ A DELAS É DE DEUS” – A Sentinela 15/07/76 p. 431: “ TODAS as outras religiões são FALSAS… todas as religiões falsas serão ELIMINADAS e apenas a única religião verdadeira sobreviverá.”; Despertai 08/04/1976 p. 19: “As testemunhas de Jeová têm de ter a ÚNICA religião VERDADEIRA.”
 
 - A BÍBLIA QUE AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ USAM - Os cristãos que se envolvem em discussões com as testemunhas de Jeová devem estar cientes de que a assim chamada "Bíblia" que as testemunhas de Jeová usam contém uma série de modificações introduzidas ao texto com o único propósito de sustentar as doutrinas da Torre de Vigia.

O apóstolo Pedro disse a respeito das cartas inspiradas de Paulo que "nas quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, como o fazem também com as outras Escrituras..." (II Ped. 3:16). Frequentemente, tal torcer das Escrituras é limitado à sua interpretação e isso foi feito pela Sociedade Torre de Vigia por três quartos de século. Ela publicou cópias das versões da Bíblia, que mencionam o nome "Jeová" no Antigo Testamento, junto com instruções detalhadas sobre como fazer com que as Escrituras parecessem ensinar que Deus condenou a vacinação, que Abraão e os profetas fiéis seriam ressuscitados para a terra em 1925, que Deus inspirou a Grande Pirâmide do Egito, e assim por diante. Mas havia doutrinas que eram muito difíceis de ser fundamentadas nas versões clássicas da Bíblia, não importando quanta distorção pudesse ser aplicada ao texto.

Assim, durante os anos da década de 50, os líderes da Torre de Vigia foram além da interpretação, produzindo sua própria versão da Bíblia, com centenas de versos modificados para se ajustarem às doutrinas da Torre de Vigia. E a sua Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas continua a ser modificada com o passar dos anos, com as mudanças feitas para trazer a palavra de Deus a uma conformidade maior com o que a organização ensina.

Por exemplo, ao invés de "cruz", a Tradução do Novo Mundo usa a expressão "estaca de tortura" ‑ para apoiar o ensinamento das testemunhas de Jeová de que Jesus foi pregado em um poste ereto sem trave horizontal. Ao invés de "Espírito Santo", nós achamos referências ao "espírito santo" ou "força ativa", reforçando a negação da deidade e personalidade do Espírito Santo feita pelas testemunhas de Jeová. Cristo fala não da sua segunda volta, mas de sua "presença" (que as testemunhas de Jeová acreditam ser invisível).

A Tradução do Novo Mundo sistematicamente se dispõe a eliminar a evidência da divindade de Cristo. Ao invés de "cair aos pés de Jesus para o adorar" as pessoas faziam "reverência" a ele. João 1:1 não mais afirma que "o Verbo era Deus", mas que "o verbo era [um] deus". Jesus não disse: "Antes que Abraão existisse, eu sou". Mas, para evitar a associação com "EU SOU" de Êxodo 3:14, a declaração de Jesus se torna: "Antes de Abraão vir à existência, eu tenho sido".

Mas a mudança mais difundida na Bíblia da Torre de Vigia é a inserção do nome Jeová 237 vezes no Novo Testamento. É claro que é apropriado um tradutor escolher o nome Jeová ou Yahweh no Antigo Testamento onde o tetragrama YHWH realmente aparece no texto hebraico. Mas a Torre de Vigia foi além inserindo o nome Jeová no Novo Testamento, onde ele não consta nos manuscritos gregos. Basta verificar uma tradução do original dos textos gregos da Bíblia para notar que o nome Jeová não aparece ali.
Para achar exemplos específicos das distorções mencionadas acima, consulte o Índice de Assuntos. Dois casos que se destacam na demonstração da linha doutrinária das Testemunhas de Jeová estão em Romanos 14:8,9 (onde a inserção do nome "Jeová" produz um lógico non sequitur no texto inglês) e Hebreus 1:6 (onde as edições anteriores diziam "E todos os anjos de Deus o adorem", mas em edições mais recentes ‑ especialmente em língua inglesa a palavra "adorem" foi substituída por "reverenciem").

Dicas: Faça cópias para distribuição. Cole em sua porta ou onde as Testemunhas possam ler. Carregue uma cópia em sua carteira de documentos. Encontrando alguma delas, use-o!

Diga simplesmente: “Explique este estudo.” Assustada, a Testemunha dirá: “Tudo isso é mentira”. Não caia nessa! PEÇA PARA VERIFICAR NAS PUBLICAÇÕES!
 
Fonte:
http://www.cacp.org.br/o-lado-mau-das-testemunhas-de-jeova/
http://refutandoastestemunhasdejeova.blogspot.com.br/2008/07/bblia-que-as-testemunhas-de-jeov-usam.html